Por pbagora.com.br

 

O ‘Portal IG’ e o Jornal o Dia do Rio de Janeiro repercutiram a notícia da inclusão do exame de oximetria, conhecido como o ‘Teste do Coraçãozinho’ no Sistema Único de Saúde (SUS). Atendendo ao pedido feito pelo deputado Manoel Junior (PMDB-PB) em 2011, o Ministério da Saúde deu parecer favorável para que o teste seja instituído em todas as maternidades públicas do País.

 

Foi graças a Manoel Junior também, que a vacina a vacina pneumocócica foi incluída no Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

 

A oximetria é um exame indolor, utilizado para medir os níveis de oxigênio no sangue. Segundo o parlamentar, o procedimento deve ser realizado antes da alta hospitalar, para detectar a presença de cardiopatia congênita grave que coloca em risco a vida da criança.

 

A técnica além de contribuir para o diagnóstico precoce de problemas cardíacos, auxilia ainda, na avaliação da eficácia de manobras de reanimação. “Sem sombra de dúvidas, a oximetria é de fundamental importância para todos os recém-nascidos e resultará em ganho para o sistema de saúde público como um todo”, defendeu Manoel Junior.

 

Segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), de cada 1.000 crianças nascidas vivas, uma média de oito apresentam algum tipo de cardiopatia congênita, necessitando de cuidados médicos específicos.

 

O problema, é que muitas vezes, o diagnóstico das malformações congênitas ocorre somente após a alta hospitalar, o que aumenta o risco de morte do recém-nascido. Segundo o parlamentar [que também é médico], o rastreamento por oximetria ainda na sala de parto, poderia ajudar a salvar muitas vidas.

Matéria veiculada no Portal IG:

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: três suplentes, dois ‘sortudos’; mesma pretensão, mas não a mesma sorte entre os que miram o tapete azul

A posse de dois suplentes no Senado Federal em uma única semana, com o gesto de desprendimento dos novatos Veneziano Vital do Rêgo (PSB), que abriu vaga para o empresário…

FAP recebe equipamentos e utensílios adquiridos com emenda R$ 400 mil do senador Veneziano

O Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) recebeu, nesta semana, diversos equipamentos e utensílios para seu melhor funcionamento. Os recursos são oriundos de uma emenda de R$ 400 mil…