Ficha suja: com a decisão, Maluf só poderá disputar eleições aos 90 anos

O ex-prefeito de São Paulo e ex-governador do Estado Paulo Maluf (PP-SP), 82, pode entrar nesta segunda-feira (4) na lista dos fichas-sujas, o que impedirá que ele dispute eleições pelos próximos oito anos.Ele foi condenado pela Justiça por ter superfaturado obras do túnel Ayrton Senna quando esteve à frente do executivo municipal, de 1993 a 1996. Seu recurso será julgado hoje.

O mandato de deputado federal de Maluf termina em 2014. Ele disputou 13 eleições nos últimos 31 anos. De acordo com a Lei da Ficha Limpa, políticos condenados em razão de crimes contra a administração pública são excluídos de disputas eleitorais.

A ação contra o ex-prefeito é de 2001, mas foi julgada somente em 2009. À época Maluf foi condenado a devolver R$ 14,7 milhões (cerca de R$ 25 milhões em valores de hoje). O deputado ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal. 

 

Superfaturamento

Segundo laudo do Ministério Público Estadual, o túnel Ayrton Senna foi superfaturado em cerca de R$ 200 milhões, em valores atualizados.

Durante a construção, a empresa da prefeitura que administrava a obra aceitou preços de materiais, mão de obra e equipamentos acima dos praticados no mercado em planilhas apresentadas pelas empreiteiras Constran e CBPO, segundo a promotoria.

O túnel, orçado inicialmente em R$ 147 milhões, acabou custando R$ 728 milhões, o equivalente a R$ 2,2 bilhões em valores atuais.

Maluf foi condenado porque autorizou suplementações de verba para a Emurb, empresa da prefeitura que era dirigida pelo ex-prefeito Reynaldo de Barros (1931-2011), que também foi condenado pela nessa ação.

 

PB Agora com UOL

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Todos têm o direito de apresentar nomes” diz Ruy sobre 2020

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) declarou, durante contato com a imprensa nesta segunda-feira (18) que continua na busca do diálogo entre os aliados visando as eleições de 2020. Segundo…

Adriano volta a pregar a paz no PSB e união de RC e João Azevêdo

Ainda sobre o imbróglio político que envolveu o Partido Socialista Brasileiro (PSB), o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), voltou a defender o restabelecimento…