Por pbagora.com.br

O senador Major Olímpio (PSL-SP) é o terceiro a morrer de covid-19. A morte cerebral do parlamentar, de 58 anos, foi confirmada na tarde desta quinta-feira (18).

A primeira morte foi a do senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), em 21 e outubro do ano passado. O parlamentar tinha 83 anos e era natural de São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul. O político contraiu a covid-19, ficou semanas internado com sequelas respiratórias, e teve falência dos órgãos.

Meses depois, em 8 de fevereiro, o Senado perdeu mais um integrante: o senador licenciado José Maranhão (MDB-PB), aos 87 anos. Maranhão estava internado há 71 dias por conta de complicações da covid-19.

Major Olímpio e outros dois senadores, Lasier Martins (Podemos-RS) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE), foram diagnosticados com o novo coronavírus na mesma semana. Desde então, as sessões do Senado voltaram a ser remotas.

Porém, os outros dois colegas do Major estão se recuperando da doença. Também na tarde desta quinta-feira, Lasier Martins informou que recebeu alta do hospital onde estava internado.

Alessandro Vieira também informou que está em plena recuperação da covid-19.

 

do Congresso em Foco

Notícias relacionadas

Aprovado projeto que garante R$ 2 bi para auxílio e projetos culturais

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc e prorroga prazos de utilização de recursos repassados a…

Michel Henrique nega ‘golpe’ em saída da presidência do PROS e vê movimento com “naturalidade”

Destituído do comando do PROS na Paraíba para dar lugar ao deputado estadual Eduardo Carneiro, Michel Henrique, ex-presidente da legenda no estado, viu o movimento com naturalidade e rechaçou a…