Por pbagora.com.br

Os paraibanos, em sua maioria, acreditam que o Estado perdeu com a saída de Cássio Cunha Lima (PSDB) do Governo. Isto é o que revela mais um dado da pesquisa, contratada pelo PB Agora junto ao Instituto Opinião.

Ao serem questionados sobre se a Paraíba ganhou ou perdeu com a cassação do ex-governador, 45,8% dos entrevistados opinaram insatisfeitos com a saída do tucano do poder. Já 35,9% acreditam que foi melhor para a Paraíba a decisão do Tribunal Superior Eleitoral. O total das pessoas que se sentem indiferentes em relação ao fato chega a 13,4%

Entre os que consideram ter a Paraíba perdido com a saída de Cássio do governo, a maioria está entre os jovens entre 16 e 24 anos (52,7%) e junto aqueles que ganham entre três e cinco salários mínimos (48,6%). O ex-governador também encontra manifestações favoráveis junto aos estudantes da 5ª a 8ª série (47,7%).

Dentro do universo de 35,9% dos entrevistados que acham ter a Paraíba se beneficiado com a saída de Cássio Cunha Lima do poder, a maior concentração está entre os que ganham entre 5 a 10 salários mínimos (42,0%) e junto àqueles com mais de 60 anos (38,1%).

Dentro do grupo dos indiferentes com a saída de Cássio do Governo (13,4%), a maioria está no eleitorado entre 45 e 59 anos de idade (15,5%) e no grupo de ensino superior (14,6%).

A pesquisa

Elaborada pelo Instituto Opinião, uma das empresas mais conceituadas do ramo na Paraíba, a consulta ouviu a preferência do eleitorado em 80 municípios do Estado, abrangendo todas as regiões da Paraíba. Foram ouvidos 1.985 eleitores em 80 municípios da Paraíba, abrangendo todas as regiões do Estado (Zona da Mata, Agreste, Borborema e Sertão).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça eleitoral defere candidatura de Ricardo Coutinho para a PMJP

O juiz eleitoral Fábio Leandro de Alencar Cunha, da 64ª Zona Eleitoral de João Pessoa, atestou que Ricardo Coutinho (PSB) é Ficha Limpa deferindo a sua candidatura a prefeito da…

TCE-PB reprova contas de ex-prefeito de São Bento com imputação de débito de R$ 582 mil

O ex-prefeito de São Bento, Gemilton Souza da Silva, vai ter que ressarcir aos cofres do município a quantia de R$ 582,3 mil, referente à falta de prestação de contas…