Cerca de 3,5 mil prefeitos entre os que assumiram o mandato no dia 1º de janeiro e aqueles que foram reeleitos participam de um encontro em Brasília nos próximos dias 10 e 11 a convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, o governo deve anunciar medidas para socorrer os prefeitos em dificuldades financeiras e gerar empregos nos municípios. A estimativa de público é da Secretaria de Relações Institucionais. O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, confirmou presença durante reportagem ao Portal PB Agora na última semana.

O Ministério da Fazenda analisa medidas para ajudar esses prefeitos a obterem financiamentos do governo por causa de dívidas com a Previdência Social. No último dia 5 o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ministro de Relações Institucionais, José Múcio, se reuniram para tratar do assunto.

Além de facilitar o pagamento de dívidas com a previdência por parte das prefeituras, o governo pode ainda anunciar linhas de financiamentos com recursos do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a compra de máquinas.

A intenção de Lula ao convocar os governantes é também apresentar sua pauta de reivindicações, a exemplo do que eles costumam fazer todos os anos com a Marcha dos Prefeitos. Essa pauta incluiria a pactuação de 10 grandes compromissos para os próximos três anos como, por exemplo, a erradicação do analfabetismo e da mortalidade infantil. Os compromissos serão organizados numa publicação chamada Agenda de Compromissos 2009/2012.

Durante o evento, ministros irão apresentar as políticas e ações do governo federal voltadas para os municípios. Os prefeitos receberão um catálogo com os programas federais e seus responsáveis em cada ministério, além de dicas sobre como agir para receber obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e outras ações com o o Programa Nacional de Segurança Pública (Pronasci) e o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).

O presidente Lula participa da abertura do evento na tarde do dia 10. O Brasil tem 5.563 municípios, 60% tem novos prefeitos e nos demais 40% os governantes foram reeleitos.

Da Redação

com IG

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CPI do Feminicídio vai convocar secretários de João para debater os casos na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a deputada estadual Cida Ramos (PSB), que recentemente teve seu nome envolvida na crise interna do seu partido, como sendo uma das responsáveis pela desunião…

Análise: RC peca ao agredir pares e comete “suicídio” político

As variantes são interessantes e diversas, é claro! Elas se desviam dos padrões, teorias e premissas acadêmicas. Um bom português e argumentações “lógicas” não condizem com a realidade absoluta. A…