O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta segunda-feira (20), em seu programa de rádio "Café com o Presidente" que as pessoas gastem com responsabilidade neste fim de ano. “Que as pessoas aproveitem e comprem o que quiserem comprar, mas com muita responsabilidade para não se endividar, porque o mês de janeiro é sempre muito pesado. Então, é importante que a gente não perca o senso de responsabilidade nas nossas compras”, afirmou.

“Comprar, fazer a dívida necessária, mas sabendo que a gente precisa ter um 2011 tranquilo, portanto, não vamos passar 2011 apertado, apenas pagando o que a gente gastou em 2010. Vamos gastar o suficiente para não atropelar a esperança e o futuro de todos nós”, completou o presidente.

Lula também deu entrevista para o programa "É Notícia", de RedeTV!, que foi ao ar na madrugada desta segunda-feira. No programa, ele não descartou a possibilidade de voltar ao Planalto no futuro. "Eu não posso dizer que não porque sou um político nato", disse. Mas em seguida falou que é preciso avaliar a possibilidade no momento. "Vamos trabalhar para Dilma fazer um bom governo e, quando chegar a hora certa, a gente vê o que vai acontecer", afirmou.

Mercosul

No programa de rádio desta manhã, Lula disse que apesar de o Mercosul já ser considerado um importante bloco comercial, mas é preciso que o Chile, a Venezuela, Colômbia e o Peru também se integrem ao bloco. “Para que a gente tivesse, efetivamente, uma região aduaneira muito forte e que pudesse incrementar ainda mais a produção e o consumo entre os países da América do Sul”, disse.

Lula disse também que comércio entre os integrantes do Mercosul (Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai) passou de US$ 10 bilhões em 2002 para US$ 86 bilhões em 2008. “Quando assumi a Presidência, lembro que os países menores achavam que o Mercosul não valia nada, que não valia a pena, que era preciso procurar outro espaço para comercializar. E hoje está todo mundo convencido que o Mercosul é o nosso espaço”, afirmou.

Emprego

Lula comemorou ainda os números da Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na semana passada. Os dados mostram que a taxa de desemprego no Brasil está em 5,7%, a menor dos últimos oito anos.“Eu penso que daqui para a frente deverá continuar aumentando a oferta de emprego no Brasil, e eu penso que, por isso, os números irão diminuir ainda mais com relação ao desemprego”, disse.

No final do programa, o presidente deixou uma mensagem de Natal. “É importante a gente cuidar muito da família, ou seja, que a gente tenha um Natal em perfeita harmonia com a família, que a gente junte os pais, os filhos, os parentes para que a gente possa fazer uma confraternização muito forte. E a base da sociedade, na minha opinião, é a família. Se a família estiver bem, o resto vai bem”, disse.
 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo nega falta de diálogo e deixa portas do Palácio abertas para a base: “Essa crítica não me cabe”

O governador da Paraíba João Azevêdo garantiu ter deixado as portas do Palácio da Redenção abertas para os deputados estaduais que fazem parte da sua base na Assembleia. De acordo…

Filho de Bolsonaro ironiza Julian Lemos e posta foto embaraçosa com o rosto do parlamentar

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) usou seu perfil numa rede social para ironizar o seu colega de partido e também deputado federal Julian Lemos, do PSL da Paraíba. Eduardo…