Por pbagora.com.br
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu desculpas após falar em uma live que a pandemia de coronavírus teria um efeito positivo, que era fazer o mundo voltar a valorizar o papel do Estado na economia. “Usei uma frase infeliz, que não cabia, para tentar explicar que é no auge da crise que a gente entende a importância do SUS e do Estado. Peço desculpas a quem se sentiu ofendido”, disse.

Lula falou também que poderia ter usado a palavra “infelizmente”, no lugar de “ainda bem” e teria soado completamente diferente. “Eu sou ser humano movido a coração, eu sei o sofrimento que causa a pandemia, não poder enterrar seus parentes, eu não saio de casa do dia 12 de março até agora. Nasceu netinha minha e eu não fui ver. Acredito piamente, enquanto não tiver remédio, a melhor solução para não pegar a doença é ficar em casa”, acrescentou.

Em entrevista à @redebrasilatual e à @redeTVT, @LulaOficial se retrata por fala “totalmente infeliz” e explica o que quis dizer: “é no auge da crise que a gente começa a descobrir a importância do SUS”.

Vídeo incorporado

A fala polêmica  aconteceu na terça-feira (19/5), em entrevista à revista Carta Capital. Lula disse que “ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”

Mortes por coronavírus

Segundo dados oficiais do Ministério da Saúde, 17.971 pessoas morreram de coronavírus no Brasil. No total, 271.628 pessoas foram infectadas no país. A última atualização da pasta, na terça-feira (19/5), contabilizou 1.179 óbitos em 24h. . O Brasil já é o terceiro país do mundo com mais infectados.
Fonte: Correio Braziliense 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No guia eleitoral, Ruy destaca propostas para saúde, assistência social e esportes

O guia eleitoral do candidato a prefeito Ruy Carneiro continua repercutindo sua atuação na saúde, esportes e assistência social. Neste sábado (24), foram exibidos depoimentos de pessoas que foram beneficiadas…

Paraibana candidata a vice-prefeita de Boa Vista morre de Covid-19

A candidata à vice-prefeita de Boa Vista, capital de Roraima, na chapa do MDB, Edileusa Loz, morreu aos 57 anos, vítima da covid-19, na manhã deste domingo (25). A informação…