Em post nas suas redes sociais o ex-secretário de Comunicação da Paraíba, Luís Tôrres, publicou nesta sexta-feira (02) explicou a sua saída da pasta – a qual ocupava até o dia 31 do mês passado. De acordo com Tôrres, ele se dedicará ao exercício do Jornalismo.

“Quando deixei o exercício diário do jornalismo quase seis anos atrás não imaginava me distanciar tanto da costa. Mas a praia foi ficando pequena vista do alto mar, quase sumindo completamente do horizonte. Eis que resolvi voltar nadando de braçadas, impulsionado por uma paixão de criança. Conversei muitas vezes sobre o tema com o governador João Azevedo até que não pude mais adiar. Depois de tanto ir, meu caminho só indicava uma direção. A de voltar. “, afirmou.

Leia o texto na íntegra:

A felicidade da volta é proporcional à distância percorrida na ida. Quanto mais longe se vai, mais feliz é a sensação do retorno. Quando deixei o exercício diário do jornalismo quase seis anos atrás não imaginava me distanciar tanto da costa. Mas a praia foi ficando pequena vista do alto mar, quase sumindo completamente do horizonte. Eis que resolvi voltar nadando de braçadas, impulsionado por uma paixão de criança. Conversei muitas vezes sobre o tema com o governador João Azevedo até que não pude mais adiar. Depois de tanto ir, meu caminho só indicava uma direção. A de voltar.

Assumi a Secom aos 34 anos. Além de o mais novo e o mais longevo, integrantes do mercado costumam me dar outro título, sobre o qual dizem que eu não deveria me orgulhar tanto. Mas me orgulho. Dizem que fui o pior secretário da história da Paraíba no quesito investimento, ou seja, o que menos gastou com comunicação. Orgulho-me porque fiz, junto com uma equipe competente da qual tenho enorme gratidão, mais com menos. Mágica mesmo. Especialmente para divulgar volume tão incontável de obras e ações dos governos Ricardo I e II e, mais recentemente, do governo João com custeio reduzido. A minha curva de investimentos sempre apontou para o chão, e a aprovação do Governo para o céu.

A Secom dá um trabalho sobrenatural sim. Pergunte a quem já esteve por lá. É a caixa de ressonância de todas as ações do Governo. Uma espécie de goleiro. Defendendo todas as bolas, não recebe aplausos. Mas basta levar um gol e já fica com a responsabilidade da derrota.

Orgulho-me, no entanto, de ter ajudado a expor ou a embalar um dos governos mais transformadores da história da Paraíba, cuja marca Viva o Trabalho está inscrita em inúmeras obras estado adentro. Agradeço ao ex-governador Ricardo Coutinho, que atingiu os maiores índices de aceitação popular neste tempo, por acreditar no trabalho desenvolvido. E ao governador João Azevedo por ter me convidado a dar continuidade.

Posso atestar que não falta a João disposição e competência para fazer avançar as conquistas obtidas até aqui. Neste tempo, fiz muitos amigos também. Desagradei a outros. Mas sempre com a intenção de acertar. Conheci e reconheci muita gente competente. Fico feliz por ter convivido um pouco com cada uma delas.

A comunicação já não é a mesma de cinco anos atrás. Vi as mudanças acontecerem na minha frente. Quero saboreá-las como jornalista agora. Acredito que a verdade terá sempre seu valor, mesmo se estiver confundida num mar de fakenews. Simplesmente porque, mais cedo ou mais tarde, as mentiras afundam. E só o que é fato mantém-se à vista, na superfície.

Ao dar os passos da volta, tenho a sensação do dever cumprido. E isso torna-os mais firmes. Sinto-me como se estivesse bem no início da carreira, lá nos idos do ano 2000, com dedos coçando, uma vontade louca de descobrir coisas, informar, discutir e poder contribuir com a construção de um ambiente melhor para vivermos. Estou voltando. Mas a sensação mesmo é de estar apenas começando.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Galdino acredita na reconciliação de RC e João, e PSB sabe a importância dos líderes para 2020

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), deu a senha que aterroriza alguns setores da política paraibana. A real possibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho, e seu sucessor,…

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…