Por pbagora.com.br

O advogado Luciano Pires, integrante da equipe de defesa do ex-governador Cássio Cunha Lima, preferiu não fazer comentários sobre a nomeação da mãe do procurador eleitoral José Guilherme Ferraz pelo governador José Maranhão.

“Caberá à sociedade julgar esse ato político do governador”, avaliou Luciano Pires, não escondendo, porém, sua perplexidade diante da matéria publicada pelo PB Agora, neste domingo.

O Diário Oficial do Estado trouxe a publicação, na edição do último dia 6, do ato de nomeação de Bernadete Maria Antas Ferraz Costa para o cargo comissionado de cargo de provimento em comissão de Chefe do Núcleo de Material Didático da Secretaria de Estado da Educação e Cultura.

Com atuação na defesa do ex-governador Cássio, por diversas vezes, Luciano Pires apresentou representações na Justiça Eleitoral levantando suspeições na atuação do procurador eleitoral Guilherme Ferraz. Nenhuma foi acatada.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Projeto Social apoiado pela prefeitura de Bayeux vira chacota por erro gramatical

Por meio das suas redes sociais, a prefeita da cidade de Bayeux, Luciene Gomes (PDT), divulgou, neste fim de semana, um projeto social apoiado pela sua gestão denominado: Irmã Geni.…

Ministro Paulo Guedes diz que auxílio emergencial pode ser prorrogado até outubro

O ministro da Economia Paulo Guedes, anunciou nesta segunda-feira, dia 14, que o auxílio emergencial pode ser prorrogado pelo governo federal até o mês de outubro. De acordo com Guedes,…