O advogado Luciano Pires, integrante da equipe de defesa do ex-governador Cássio Cunha Lima, preferiu não fazer comentários sobre a nomeação da mãe do procurador eleitoral José Guilherme Ferraz pelo governador José Maranhão.

“Caberá à sociedade julgar esse ato político do governador”, avaliou Luciano Pires, não escondendo, porém, sua perplexidade diante da matéria publicada pelo PB Agora, neste domingo.

O Diário Oficial do Estado trouxe a publicação, na edição do último dia 6, do ato de nomeação de Bernadete Maria Antas Ferraz Costa para o cargo comissionado de cargo de provimento em comissão de Chefe do Núcleo de Material Didático da Secretaria de Estado da Educação e Cultura.

Com atuação na defesa do ex-governador Cássio, por diversas vezes, Luciano Pires apresentou representações na Justiça Eleitoral levantando suspeições na atuação do procurador eleitoral Guilherme Ferraz. Nenhuma foi acatada.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Assessores de petistas ganham R$ 120 milhões na Mega Sena

Uma aposta coletiva de assessores técnicos legislativos do PT na Câmara dos Deputados ganhou nesta quarta-feira (18) o prêmio de R$ 120 milhões da Mega-Sena. O dinheiro será dividido entre…

Vereador prevê que descaso de Cartaxo deve levar a greve de categorias em JP

O vereador líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, Marcos Henriques (PT), em discurso ontem (18), na tribuna da Casa, previu a de deflagração de uma greve dos…