A Paraíba o tempo todo  |

Líder da oposição na CMCG diverge de RC e isenta João Azevêdo de qualquer tipo de interferência no Podemos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Diferentemente do que insinuou o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), o líder da oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Anderson Almeida (Podemos), isentou o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) de qualquer responsabilidade ou interferência no tocante à mudança do comando do Podemos, na Paraíba, registrado no início desse segundo semestre.

Em entrevista nesta sexta-feira (20), o parlamentar campinense disse acreditar que João não se movimentou no sentido de interferir na legenda a qual ele não pertence, apesar de o novo presidente já ter sinalizado que o apoiará na disputa pela reeleição em 2022.

“Eu acredito que não, apesar da cúpula do partido permanecer uma cúpula do governo que fazemos parte”, disse em entrevista à Rádio Correio FM.

O ex-vereador Galego do Leite, que era presidente estadual da sigla, foi substituído pelo advogado Júnior Pires.

O novo presidente do Podemos já falou que pretende fortalecer a aliança com o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania).

Em tempo

No último dia 12 de agosto, em entrevista à imprensa campinense, o ex-governador Ricardo havia insinuado que João Azevêdo, teria ‘tirado’ Podemos das mãos de Veneziano.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe