Wellington Viana dos Santos (PTN) assumiu a prefeitura de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, na noite dessa quarta-feira (20). Ele ocupa o cargo após a surpreendente renúncia de José Maria de Lucena Filho (Luceninha), comunicada no início da tarde, à Câmara de Vereadores.

Leto foi eleito vice-prefeito na chapa encabeçada por Luceninha em 2012. Ambos eram do PMDB. Em entrevista, o novo prefeito de Cabedelo revelou que uma das primeiras medidas será exonerar todos os cargos comissionados, inclusive secretários, num só ato.

Ele também promete enxugar a máquina administrativa, reduzindo consideravelmente o número de secretarias. Nos próximos dias, Leto pretende nomear a equipe de confiança dele e anunciar outras medidas de contenção de despesas.

O presidente da Câmara de Vereadores revelou que problemas financeiros podem ter formado o motivo da renúncia de Luceninha. Para ele, o gestor não pode ficar no cargo apenas por vaidade. “Ele assumiu a prefeitura com muitas dívidas das gestões passadas e ficou muito difícil de manter a administração. É por isso que a decisão foi tomada", avaliou.

Em ofício endereçado ao juiz da Comarca, João Marchado do Sousa Júnior, o prefeito Luceninha destaca que a renúncia foi “difícil e solitária” e que a gestão da cidade será “melhor governada” pelas mãos do vice-prefeito, a quem considera "sucessor natural". O ex-gestor frisa também que teve "coragem e desprendimento público" ao decidir pela renúncia.

O presidente da Câmara Municipal, Lucas Santino da Silva (PHS), amigo pessoal de Luceinha, ficou surpreso. Outro ofício comunicando a renúncia foi enviado a Lucas pelo próprio ex-prefeito O presidente da Câmara vai deu posse a Wellington Viana em sessão extraordinária que começou às 17h dessa quarta (20) e seguiu até as primeiras horas da noite; a posse ocorreu conforme artigo 65, paragrafo 4, da Lei Orgânica do Município de Cabedelo.

Com renúncia de Luceninha, o PMDB perde a prefeitura do 3º maior PIB do estado.

Redação com portalcorreio

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…