Por pbagora.com.br

Após ter sido alvo de severas criticas por parte do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal paraibano e presidente do PSL no Estado, Julian Lemos, revidou com vídeo nas suas redes sociais, onde critica as falas de Eduardo alusivas a uma possível volta do período militar caso a esquerda decida radicalizar no país.

Para Julian, apesar de reconhecer a importância de Eduardo Bolsonaro na sua eleição para a Câmara, ele revela no post que não concorda com o que disse o parlamentar paulista. “Eu sim, fui eleito pela vontande e Deus, do povo da Paraíba e pelo grande apoio que tive do então Deputado Federal Jair Bolsonaro, hoje Presidente da República, alguém que tem de mim, respeito e gratidão. Mas acima de tudo isso, está minha consciência e meu equilíbrio onde posso fazer meu juízo de valor e tomar posições”, disse.

Noutro trecho diz: “Como sempre fui, deixo claro o que penso, e sobre a fala e a possibilidade de uma ruptura institucional, venho nesse momento me posicionar, sou contra, não precisamos disso para vencer, e assim venceremos quantas vezes for necessário, o AI-5 foi, e não será mais, faz parte do nosso passado, para nos ensinar que a esquerda jamais deve nos governar, e nos direcionar para um futuro melhor. Mais uma vez, quero deixar meu registro que esses posicionamentos só atrapalham o Governo do Presidente Jair Bolsonaro, isso sim, estimulam uma esquerda estúpida e desmoralizada, a ter um discurso cada vez mais de ódio”, finalizou.

Assista o vídeo:

https://www.instagram.com/p/B4Sy-0wlYv7/

 

Redação

Notícias relacionadas

Campina limita funcionamento de bares, restaurantes e lojas de conveniência

A prefeitura de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, confirmou que haverá redução no horário de funcionamento de bares e restaurantes do município. A medida acontece em razão do avanço…