O julgamento do processo do prefeito de Bayeux, J. Júnior (PMDB), pelo TRE-PB foi adiado para a sessão da próxima sexta-feira.

O prefeito e o vice-prefeito de Bayeux, Jota Júnior (PMDB) e Domiciano Cabral (DEM),  podem ter a cassação de seus mandatos confirmada. No mês de setembro o Ministério Público Eleitoral (MPE) emitiu parecer favorável pela cassação do prefeito de Bayeux, Jota Júnior (PMDB) e do seu vice, Domiciano Cabral (DEM) pela suposta prática de conduta vedada e a realização de novas eleições no município.
 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Ricardo Coutinho terá, no mínimo, um papel importante no processo sucessório na Grande João Pessoa

Desde que a Sexta Turma do STJ, quase que por unanimidade, decidiu que o ex-governador Ricardo Coutinho deveria permanecer em liberdade, na Capital e no resto do Estado a pergunta…

VÍDEO: senador Cid Gomes é baleado ao tentar entrar em batalhão da polícia no CE

Na tarde desta quarta-feira (19), o senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado durante um protesto de policiais. O senador dirigia uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por policiais militares…