Por pbagora.com.br

Pouco antes de o TRE-PB iniciar o sorteio do guia eleitoral para os candidatos de João Pessoa, a juíza Claudia Evangelina Chianca Ferreira de França, apelou para que os candidatos na Capital paraibana elevem o nível do debate e evitem a constante troca de acusações entre eles durante o período de campanha.

De acordo com colocação da magistrada, a troca de acusações enfraquece o discurso dos candidatos já que além de tudo, muitas declarações são caluniosas e fazem com que o processo eleitoral seja desrespeitoso.

Ela ainda apontou que o eleitorado quer ouvir propostas ao invés de acusações.

“Para que a gente possa subir o nível dessa campanha, para que seja evitada acusações desnecessárias e caluniosas para que a gente tenha um processo eleitoral respeitoso e com dignidade entre as partes. É obvio que ocorrendo essas práticas elas irão cair no colo da Justiça Eleitoral, mas muitas vezes o candidato é despreparado com relação a legislação eleitoral, daí o meu apelo. O que realmente nós cidadãos precisamos ouvir são propostas, plataformas de governo e não as acusações recíprocas do tipo ‘bandido, ladrão, roubou isso, roubou aquilo’ Isso aí a população já sabe” disse.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Raoni apresenta propostas para a juventude durante encontro

O candidato a prefeito de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), recebeu vários jovens para um bate-papo sobre futuro e oportunidades. O democrata ressaltou a importância da participação da juventude na…

Mulher, com ensino médio e de 35 a 59 anos é o perfil majoritário do eleitor nas eleições de 2020

Mulher, com ensino médio e de 35 a 59 anos é o perfil majoritário do eleitor que votará nas eleições de 2020, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano,…