A Paraíba o tempo todo  |

João prega cautela sobre carnaval em 2022 na Paraíba: “Particularmente acho que não é hora ainda”

Apesar de estados como Salvador e Rio de Janeiro já estarem articulando a realização do Carnaval 2022, na Paraíba o governador João Azevêdo (Cidadania) acredita que ainda é cedo para definir a liberação da festa.
Segundo ele, ainda não há um percentual vacinal da população no estado que garanta uma tranquilidade. Para o governador, a palavra de ordem, pelo menos por enquanto, é cautela.

“Com relação ao carnaval é preciso que a gente tenha muito cuidado para que a gente não volte a ter na Paraíba um repique da doença. A Paraíba não tem um grande Carnaval como Rio de Janeiro e Salvador, as cidades daqui comemoram o período, mas a própria suspensão não trará um impacto econômico tão grande como em outras cidades que têm uma tradição de realizar o carnaval. Eu particularmente acho que não é hora ainda”, disse.

João relatou que essa semana houver uma reunião com todos os secretários estaduais de Saúde, em Brasília, para definir as recomendações no combate à covid-19 e ficou definido que a recomendação das Secretarias é para que não seja realizada a festa neste ano de 2022.

“Houve uma reunião com todos os secretários de saúde do Brasil e dentro dessa discussão, uma das coisas que ficou definido é exatamente esse, que os secretários não recomendem a realização do carnaval no início de 2022 porque nós ainda não atingimos um patamar de vacinação completo para maioria da população. Ainda não temos um percentual da população que nos dê essa tranquilidade. Então repito, a decisão pessoal é essa, não é a definitiva ainda, mas acredito que deveríamos ter uma precaução maior para proteger a população”, emendou.

O governador lembrou que os números na Paraíba foram animadores, em relação ao resto do país, justamente porque o Governo não se furtou de tomar medidas impopulares para preservar a vida da população.


“Nosso objetivo enquanto gestor é salvar vidas, ter responsabilidade com a população. O reflexo está aí – nos números da Paraíba. Temos a menor mortalidade do Nordeste e temos números que nos garantem que o trabalho foi feito. Um exemplo disso é que estamos entre os quatro estados do país com nota 10 no enfrentamento à pandemia”, finalizou.

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe