Por pbagora.com.br

Ao destacar que João Pessoa não pode voltar ao retrocesso e afirmar que o Partido Verde terá candidatura própria a prefeitura de João Pessoa neste ano, o prefeito da capital e presidente estadual do PV Luciano Cartaxo, basicamente descarta seu apoio a aliados, como o do deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) e Manoel Júnior (Solidariedade), atual vice-prefeito da Capital.

Segundo Cartaxo, o PV deverá anunciar um nome forte e competitivo, para ganhar as eleições e segundo ele, dar sequência ao trabalho que vem sendo realizado.

“O mais importante é que seja dada continuidade ao trabalho que vem sendo realizado na cidade. São muitas obras que estão sendo executadas e iniciadas este ano. Precisamos manter isso e preparar a cidade para um milhão de habitantes. João Pessoa não pode correr o risco do retrocesso.”, declarou.

A partir dessa realidade surgem dentro da gestão nomes como os de Daniela Bandeira, Diego Tavares, Zeneddy Bezerra e até mesmo Adalberto Fulgêncio, de acordo com as informações de bastidores.

“Também vamos discutir a chapa proporcional para vereador que é importante, mas o momento é de acertarmos o perfil do candidato a prefeito. É um processo que inicia agora, mas ouvindo todo mundo”, disse Luciano.

Redação

Notícias relacionadas

PL que torna atividade religiosa essencial é aprovado na CMJP e depende de sanção

Em sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (04), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), aprovou um projeto de lei que classifica as igrejas e templos de qualquer culto religioso como…

Avante projeta espaços na majoritária e na Câmara Federal em 2022

Apesar de o foco continuar sendo o combate à pandemia do coronavírus, as movimentações políticas seguem avançadas nos bastidores. Um dos partidos que não está dormindo no ponto é o…