O governador João Azevêdo (PSB) evitou reagir, durante entrevista nesta terça-feira (06) a ausência do G10, sub-bloco existente dentro da bancada de situação,  ao café da manhã com a base aliada no Palácio da Redenção na manhã de hoje. Segundo ele, alguns parlamentares explicaram que não puderam ir e outros devem ter tido motivos para não comparecerem.

“Cada deputado deve ter tido seus motivos para não comparecer. Alguns explicaram que não puderam passar pelo transito, não faço pré-julgamento sobre isso. Não tenho nenhum tipo de reclamação posta até agora. Se tivesse seria lá na reunião. Se não foram é porque não tem o que dizer”, comentou Azevêdo.

O deputado Júnior Araújo afirmou que o G-10 decidiu priorizar pautas que entende ser “indispensáveis” para o estado, como a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento Impositivo. A insatisfação foi endossada pelo deputado Tião Gomes (Avante).

Para João, o encontro seria propício justamente para o grupo revelar essas insatisfações.

 

Redação

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Fiz essas ponderações e consegui convencê-lo”, revela Gervásio sobre conversa com RC para assumir comando do PSB/PB

“Fiz essas ponderações e consegui convencê-lo. Levarei a boa notícia ao presidente Carlos Siqueira, para que ele possa construir a composição com a participação do governador João Azevedo”. A declaração…

Após foto com Julian Lemos, Helton Renê é removido de grupo do PCdoB

Apesar de ainda estar filiado aos quadros do PCdoB da Paraíba, o vereador licenciado e atual secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, foi surpreendido, ontem, domingo (19), com…