Por pbagora.com.br

Uma carta encaminhada ao Congresso pelo governador da Paraíba João Azevêdo, além de outros 15 chefes de Executivo estadual, solicita o aumento no valor do beneficio do Auxílio Emergencial, aprovado recentemente.

Os gestores estaduais pedem que o beneficio seja fixado no valor de R$ 600.O objetivo, ainda segundo os governadores, é garantir uma renda maior à população já que a crise sanitária e econômica causada pela covid-19 assola cada dia mais as famílias.

“Diariamente vemos recordes de mortes, lotação de leitos hospitalares, ameaça de falta de medicamentos e esgotamento das equipes de saúde. O calendário nacional de vacinação e a obtenção de novas doses de imunizantes contra a covid-19 estão mais lentas do que as respostas que precisamos para reverte esse quadro” diz trecho da carta.

Confira:

Notícias relacionadas

Mesmo sob novo comando, CMCG é criticada por ‘dormir nas suas atribuições’

A mudança de comando na presidência da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) em nada alterou o andamento do trabalho legislativo. Pelo menos é essa a percepção do vereador Olímpio Oliveira…

Ao lado de Aguinaldo, prefeito pede a ministro recursos para Saúde de São José de Espinharas

Neste sábado (17) o Prefeito de São José de Espinharas, Netto Gomes (Progressistas), participou juntamente com o deputado federal e líder da Maioria no Congresso, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) da visita…