Por pbagora.com.br

Após a instituição da Comissão de Transição do Governo (CTG), publicada na edição desta quarta-feira (14) do Diário Oficial do Estado, o governador eleito da Paraíba, João Azevêdo (PSB), detalhou os trabalhos que serão desempenhados pelos integrantes indicados por ele para a CTG a partir de agora.

De acordo com João Azevêdo, os secretários ficarão responsáveis pela elaboração de um relatório de gestão para que se possa traçar as primeiras metas do futuro governo. 

“A partir dessa publicação, a comissão terá a oportunidade de coletar junto a todas as secretarias e órgãos do governo o relatório da gestão para que a gente possa, a partir desses elementos, elaborar e providenciar as primeiras medidas que tomaremos no início do ano. Isso é fundamental para que a gente tenha um retrato do governo para, a partir daí, definir as nossas prioridades”, destacou.

A Comissão de Transição é presidida pelo secretário chefe da Controladoria Geral do Estado, Gilmar Martins. Também integram a CTG, o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro;  a secretária da Administração, Livânia Farias; a secretária de Finanças, Amanda Rodrigues; o secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, Deusdete Queiroga Filho; e o secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza.

O decreto que instituiu a CTG foi assinado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

João Azevêdo diz que relação com Ministério da Saúde não é uma deferência ao Governo

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), rechaçou qualquer tese de proximidade política com o governo Bolsonaro após o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Medeiros, ressaltar a importância do…

Câmara aprova substitutivo de Efraim Filho para salvar micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional aprovou o substitutivo do deputado Efraim Filho (DEM/PB) ao PLN 2/21, do Poder Executivo, que permitirá mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor. “A expectativa…