Por pbagora.com.br

O anúncio do apoio dos partidos de oposição ao nome da primeira dama de Campina Grande, Micheline Rodrigues (PSDB), como pré-candidata a vice-governadora na chapa de Lucélio Cartaxo (PV) repercutiu também no campo governista, que lamentou o estilo 'familiar' adotado pelos adversários.

Para ele, já era esperado e classificou a união como ‘familiar’.

Ele destacou que sua chapa vai contra esse tipo de construção e não segue esse tipo de acordo.

João ainda avaliou que a escolha por Micheline não apressa a escolha de seu vice.

– Essa chapa que está sendo anunciada já estava acertada. Uma chapa familiar que está sendo montada e que não tem novidade nenhuma. Está sendo feita na sala de alguém – disse.

As informações foram veiculadas na Rádio Arapuan FM.

Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

Notícias relacionadas

Ex-gestor tem contas reprovadas e terá de devolver R$ 1,5 milhão a Pedras de Fogo

As contas das Prefeituras de Pedras de Fogo, exercício de 2018, na gestão do ex-prefeito Dedé Romão, foram reprovadas, à unanimidade, pelo Tribunal de Contas do Estado, em sessão ordinária,…

João Azevêdo se reúne com bancada federal e assegura investimentos para obras na Paraíba

O governador João Azevêdo se reuniu, nesta quarta-feira (24), em Brasília, com a bancada federal paraibana, ocasião em que apresentou as demandas do estado para serem incluídas no orçamento geral…