A Paraíba o tempo todo  |

João Azevêdo critica novo aumento dos combustíveis e diz que Petrobrás explora a população

PUBLICIDADE

O governador da Paraíba João Azevêdo criticou o novo aumento no preço dos combustíveis anunciado pela Petrobrás nesta sexta-feira (8). João negou que o ICMS, imposto estadual, seja o vilão e destacou que o argumento utilizado pelo presidente Jair Bolsonaro é reflete a realidade.

“O governo federal tem insistentemente tentando colocar no colo dos governadores a responsabilidade pelo preço dos combustíveis. Nós sabemos que para que houvesse aumento do ICMS eu teria que ter encaminhado para Assembleia um projeto para o aumento desse imposto. Então, dizer que o ICMS aumentou é uma falácia. Não é verdade”, declarou o governador.

O chefe do Poder Executivo estadual explicou que a Petrobrás, desde que decidiu manter sua gestão de preços baseada pelo dólar, tem contribuído com o aumento quase que semanal do preços dos combustíveis. “E qual o motivo dos preços dos combustíveis subirem todos os dias? Por conta da política de preços que a Petrobrás realiza. A Petrobrás ‘dolarizou’ o preço do combustível e mantém uma relação direta com o mercado internacional. A flutuação que tem o mercado internacional reflete diretamente no preço do combustível aqui dentro. Para a empresa Petrobrás, isso é uma maravilha. Principalmente, para os acionistas da Petrobrás”, argumentou.

João Azevêdo revelou que só no primeiro quadrimestre de 2021, a Petrobrás teve um lucro de R$ 41 bilhões de reais. “Ela produz em real e vende em dólar. Ela tem custo em real e vende em dólar. Ela paga aos seus servidores em real, entretanto, o produto dela, é pelo dólar. Isso é um paraíso. A Petrobrás é uma empresa pública, precisa dar resultados, precisa ter lucro, mas não precisa partir para a exploração da população que é o que a empresa faz hoje”, concluiu o governador.

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      52
      Compartilhe