Por pbagora.com.br

O governador João Azevêdo (Cidadania) rechaçou, mais uma vez, a tese de ‘conflito’ com o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), após a recente decisão da Justiça da Paraíba que, atendendo recurso da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), liberou o funcionamento de academias e escolinhas na capital.

“Às vezes as coisas são colocadas como disputa entre estado e município, coisa que não é. Essa é uma questão de visão técnica daquilo que precisa ser colocado. E, na verdade, imaginar que alguém venceu ou perdeu é diminuir muito o problema”, afirmou.

João disse que vai decidir, após reunião nesta segunda-feira (7), se o Estado irá recorrer ou não da decisão judicial. Ele evitou fazer juízo de valor sobre a mesma.

“Decisão judicial não se acha isso ou se acha aquilo. Se cumpre. Acabou. Foi tomada a decisão e cabe ao Estado decidir se vai recorrer ou não. Ainda hoje vou me reunir com a equipe e saber se nós vamos recorrer”, adiantou.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Ricardo Barbosa assume comando da Unale com licença da presidente

O deputado estadual Ricardo Barbosa tomou posse, na última quarta-feira (9), como presidente interino da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). O parlamentar é o vice-presidente da entidade…

Aguinaldo Ribeiro recebe prefeitos de Tacima e Conde e reforça parceria

O deputado federal e líder da Maioria no Congresso, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas), recebeu nessa sexta-feira (11) a visita de gestores municipais paraibanos no intuito de debater parcerias e traçar melhorias…