Por pbagora.com.br

O presidente estadual do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, voltou a alertar, nesta quarta-feira (26) sobre os dois pesos e as duas medidas que estão sendo adotados na política e na justiça do país com relação aos crimes cometidos por agentes públicos. Dessa vez o petista se referiu ao fato de um militar da aeronáutica ter sido flagrado transportando quase 40 quilos de pasta de cocaína em um avião da Força Aérea Brasileira.

Ele disse que se o caso tivesse acontecido com a comitiva do então presidente Lula a repercussão seria outra.

“Quase 40kg de pasta base de cocaína, transportado dentro de avião militar da comitiva de Bolsonaro. Já imaginaram se fosse na comitiva de Lula?
Droga no comboio de um bando de miliciano não é novidade nenhuma.
Se o presidente e sua comitiva estivesse na Indonésia , Mourão já estava fazendo o juramento de posse uma hora dessas”, postou.

CONFIRA A POSTAGEM

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1186213734894540&set=a.1004020423113873&type=3&theater

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Casas da Cidadania reabrem hoje (22) em João Pessoa; agendamento é online

O atendimento presencial nas Casas da Cidadania será retomado hoje (22), em João Pessoa. Estarão disponíveis os postos localizados nos shoppings em Tambiá e Manaíra. É necessário agendamento pelo site…

Opinião: presidente do PCdoB na corda bamba entre admitir ou não publicamente ter rejeitado convite para ser vice de RC

A presidente estadual do PCdoB da Paraíba silenciou após a repercussão de que teria rejeitado um convite do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) para ocupar a vice na chapa pela disputa…