Por pbagora.com.br

O ex-deputado estadual Carlos Souza reagiu, com indignação, em áudio divulgados nas redes sociais nesta sexta-feira (13), aos panfletos apócrifos contra a honra de seu irmão, o ex-prefeito de Bayeux, Jota Júnior (in memorian) com insinuações de que ele teria sido o responsável por ‘quebrar’ a administração da cidade, enquanto gestor.

O ex-parlamentar exigiu não apenas respeito, como também lamentou o que classificou de ‘política de vermes’ a que vem sendo adotada por alguns candidatos em João Pessoa, que tentam fazer uma associação da política da Capital com a de Bayeux.

CONFIRA A TRANSCRIÇÃO DO ÁUDIO

População paraibana e amigos, sou Carlos Souza, irmão do radialista e ex-prefeito de Bayeux Jota Júnior. Nos últimos dias alguns candidatos a prefeito da nossa Capital, João Pessoa, fizeram referências negativas ao meu irmão.

Venho a público repudiar as palavras e defender a honra e memória do meu irmão Jota Júnior. A sua gestão, para vocês que não sabem, ou fazem de conta que não sabem, foi revolucionária naquela cidade, onde até hoje permanece o sentimento de gratidão e saudade, da pessoa e do gestor Jota Júnior.

Vocês não têm conhecimento de causa nem de João Pessoa, imaginem da cidade de Bayeux. Em nome da minha família, peço respeito, e procurem fazer política séria, limpa, com verdades, proposituras, e não uma política de vermes, como vocês estão fazendo.

OUÇA

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Na mira do MP: 22 prefeitos não assinaram acordos para o fim dos lixões na Paraíba

O Ministério Público estadual (MPPB) deu prazo de um ano para que prefeitos paraibanos fechassem lixões e dessem destino adequado a resíduos sólidos – o prazo será encerrado em 1º…

Análise – Cícero e a corrupção: este é um terreno minado em que a gestão não pode vacilar

Um dos maiores desafios que o prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), terá ao longo dos seus primeiros quatro anos de gestão será precaver-se contra a corrupção. Primeiro…