A avalanche de instabilidades no Governo Bolsonaro desde que o presidente assumiu tem como causa exclusiva ele próprio, pela inabilidade de ciar laços e articulação. A análise é do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), que, durante entrevista essa semanam, ainda criticou a postura do Chefe do Executivo ao desrespeitar a postura institucional.

Veneziano também chamou a atenção para as recentes acusações levantadas pelo ministro Sérgio Moro, que revelou a tentativa de interferência política do presidente na Polícia Federal, a qual classificou como denúncias preocupantes.

“Esses episódios que são gerados desde os primeiros momentos que o presidente assumiu, de instabilidade, tem como causa maior o próprio presidente. A sua pouca capacidade ou plena incapacidade de articular, de criar laços, de permanecer institucionalmente a altura que exige o cargo de presidente da República. As acusações que foram feitas são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal, inclusive,m quem sabe, pelo próprio Congresso Nacional, assim como também se perguntar ao ex-ministro Moro por quais razões ao ter sido instado pelo presidente da República, à época, não ter reagido como deveria. Mas eu vejo com preocupações, em que pese seja o momento para tratar da Covid-19”, ressaltou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tréplica: em nota, associação do MP repudia declarações de RC contra entidade

A Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) divulgou, nesta segunda-feira (25), nota de repúdio para rebater as declarações do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em ‘live’ pelas redes sociais…

Cícero não descarta disputar PMJP, mas alerta que momento não é para discutir política

O ex-senador Cícero Lucena, que já geriu a cidade de João Pessoa, não descarta a possibilidade de participar da disputa nas Eleições 2020. Fora da vida política há alguns anos,…