PPS não cumpre ameaças e se mantém inerte com relação processo de cassação do mandato de Eliza Virgínia: “Até agora não me acionaram”

A vereadora de João Pessoa, Eliza Virgínia (PPS), durante entrevista ao portal PB Agora, na tarde desta terça-feira (7), relatou que apesar das ameaças da diretoria de seu partido para iniciar um processo de cassação, por infidelidade partidária, ainda não recebeu nenhum comunicado oficial.

“Existe um anseio da diretoria do partido, mas até agora não aconteceu nenhuma reunião ou comunicado a respeito. Atualmente, o partido está sem representatividade municipal na Capital, o que não impede o diretório estadual de iniciar um processo”.

Eliza comentou que está aguardando o desfecho do caso, seja para o andamento ou não do processo, só então vai justificar seus motivos de ter sido infiel com o partido nas eleições.

O presidente estadual do PPS, José Bernardino, tinha informado que o processo seria iniciado na semana passada, e a parlamentar após notificação teria um prazo de oito dias para apresentar sua defesa. O Conselho de Ética do PPS então iria emitir o parecer sobre o caso.

Entenda o caso:

Eliza será processada por infidelidade partidária e pode ser cassada porque não seguiu as determinações do PPS nas eleições deste ano e resolveu apoiar à reeleição do governador José Maranhão (PMDB). Contrariando a legenda que apoiou Ricardo Coutinho (PSB).

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado prevê debandada de políticos influentes na PB para partido de Bolsonaro

Aliado do presidente da República Jair Bolsonaro, o deputado estadual Moacir Rodrigues, atualmente filiado ao PSL, mas que já sinalizou que sairá do partido, afirmou que diversas lideranças paraibanas devem…

Wilson Filho aponta morosidade da PMJP na contenção na Barreira do Cabo Branco

O deputado estadual Wilson Filho (PTB), comentou essa semana (12), no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a posição do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), de elogiar…