A Paraíba o tempo todo  |

Vitor Hugo convida PSB para compor majoritária como vice em Cabedelo, mas Gervásio avisa que sigla só quer a cabeça da chapa

Vitor Hugo, prefeito de Cabedelo

A relação entre PSB e Progressistas esquentou na Paraíba e os pedidos e imposições de aliados feitos ao governador João Azevêdo (PSB) e ao prefeito Cícero Lucena (Progressistas) para as eleições 2024 têm deixado o clima tenso, sobretudo no tocante a disputa pela prefeitura de Cabedelo.

Nesta terça-feira (04), durante entrevista à imprensa, o prefeito da cidade, Vitor Hugo (União Brasil), tentando minimizar o impasse, fez um convite público para que o PSB venha compor a chapa do governo na qualidade de vice, assim como está acontecendo com o Progressistas em João Pessoa, Capital da Paraíba. O gestor defendeu diálogo com a executiva estadual da sigla na Paraíba para que os partidos caminhem juntos em 2024.

“Estou pronto pra isso, converso com Gervasinho a hora que ele quiser, nós temos uma gestão exitosa, quem não vê isso não tem pesquisas nas mãos, nós temos mais de 80% de aprovação, ganhamos todas as premiações possíveis nestes ultimos anos, então tenho certeza que o PSB vê com bons olhos e por que não ele poder participar do pleito somando na majoritária com a gente”, disse Vitor.

Deputado federal Gervásio Maia, presidente do PSB/PB

O presidente estadual do PSB, Gervásio Maia, por sua vez, rejeitou a tese de ocupar a vice e deixou claro que, na cidade portuária, o partido terá candidatura própria e por isso está fora de cogitação a tese de diálogo para assumir um papel de coadjuvante na chapa de quem quer que seja.

“Eu não posso considerar aquilo que eu não enxergo, eu não vejo essa possibilidade (de aliança), o que preciso dizer é que vamos ter candidatura própria em Cabedelo e queremos contar com os amigos que etão na nossa aliança e que nós, inclusive, sempre tivemos muitos gestos em relação a todos esses partidos”, avisou.

As declarações repercutiram na Arapuan FM.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe