Por pbagora.com.br

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) declarou que acha um retrocesso a não aprovação do voto aberto para a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Ele justificou pontuando outras Câmaras Municipais além da Câmara Federal e o Senado que terão votação aberta, além da votação do impeachment da ex-presidente Dilma que foi definida de forma aberta.

O líder do governo na ALPB ratificou ainda a declaração que deu nessa quinta-feira (27) de que a aprovação do projeto seria o fim dos "traíras".

"Eu acho que é um retrocesso, mas eu tenho que me curvar, como sempre me curvei, a decisão e a vontade da maioria, não me cabe e não tenho o direito de agredir a qualquer companheiro, agora eu disse e repito que a aprovação do projeto era o fim dos traíras. É correto você passar um bom tempo em reuniões, assinar um documento, torná-lo público e o cara vai lar e trai? Acho que não é correto e nem que a democracia preze por isso" disse.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Ruy e Efraim defendem valor de R$ 600 para nova rodada do Auxílio Emergencial

O deputados federais Efraim Filho e Ruy Carneiro tornaram público, em entrevista nesta terça-feira (2), que defendem o retorno do pagamento do Auxílio Emergencial. O governo federal realizou o pagamento…

Cícero anuncia adesão ao consórcio nacional para adquirir vacinas

Nesta terça-feira (02) o prefeito Cícero Lucena irá anunciar durante entrevista coletiva a adesão ao consórcio público para aquisição de vacinas contra a Covid-19. De acordo com nota da Secretaria…