O governador João Azevêdo (Cidadania) se mostrou preocupado com a queda dos índices de isolamento social em todo o país e na Paraíba enquanto o Brasil ainda convive com o aumento diário de casos e mortes pelo novo Coronavírus. A declaração foi concedida na tarde dessa segunda, dia 08, durante o programa ‘Fala, Governador’.

Ontem, o índice de Isolamento Social foi de apenas 41,3%, mesmo com as medidas de isolamento rígido na região metropolitana de João Pessoa. O pior índice foi visto no sábado, com apenas 35,7% de isolamento na Paraíba.

Azevêdo reclamou de ‘proselitismo’ de pessoas que estaria incentivando a população a deixar suas casas e romper o isolamento.  “Muita gente fazendo proselitismo. Alguns candidatos a prefeito dizendo que tem que colocar todo mundo na rua. Gostaria de saber que, se isso acontecesse e tivéssemos número de óbitos cada vez maior, se essas pessoas que estão estimulando se responsabilizariam por isso. Temos um plano de retomada gradual sendo discutido com toda a sociedade, todo os segmento da sociedade, hoje tivemos reuniões com todo o sistema de trabalhadores da Paraíba para que a gente possa esclarecer como será feita a retomada”, disse João.

João comentou a publicização dos números da Covid-19 na Paraíba. Enquanto o Governo Federal é criticado por dificultar a divulgação, o governador disse que a Paraíba continuará a publicação diária no mesmo horário. “A Paraíba vai continuar publicizando todo fim de tarde como vinha fazendo, é fundamental que a informação chegue a toda pessoa para que possa gerar credibilidade, acreditar no trabalho feito”, declarou.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero ‘desautoriza’ Kassab sobre definição de nome na disputa em CG

Cautela. Essa tem sido a palavra utilizada pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), quando o assunto é a escolha do nome para concorrer a sua sucessão. O gestor,…

STF determina liberdade de prefeito que guardou propina da cueca, na Paraíba

A decisão foi do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), e resultou na libertação do prefeito afastado de Uiraúna, João Bosco Fernandes (PSDB), Bosco foi preso no…