Por pbagora.com.br
 
 

Em entrevista a imprensa paraibana o secretário de Estado da Paraíba (SES-PB), Geraldo Medeiros, avaliou os motivos que levam ao aumento de casos do novo coronavírus entre políticos na Paraíba. Segundo Geraldo, o crescimento dos dados às aglomerações promovidas em eventos políticos, somadas ao relaxamento de cuidados por parte da população e da realização de “festinhas familiares”.

“Está havendo ascensão no número de casos em todo o estado, principalmente na Grande João Pessoa em decorrência das convenções partidárias, processo sucessório e do relaxamento da população como um todo”, disse Geraldo Medeiros, destacando que as pessoas deveriam se cuidar quanto ao distanciamento social, ao uso de máscara em ambiente público e em ambientes fechados.

Políticos infectados – Nesse final de semana, o deputado estadual Raniery Paulino (MDB) foi diagnosticado novamente com a covid-19. Essa é a segunda vez que ele é infectado com a doença, que agora atingiu os pulmões do deputado, que está recebendo acompanhamento médico em casa. O caso de Raniery preocupa, já que, depois do processo eleitoral encerrado no dia 29 de novembro com a realização do segundo turno em João Pessoa, nos últimos dias tem aumentado o número de políticos paraibanos contaminados pelo novo coronavírus. Em junho deste ano, Raniery havia publicado em suas redes sociais um vídeo comunicando que estava curado da covid-19.

E no dia do segundo turno em João Pessoa, o senador José Maranhão (MDB) também foi diagnosticado com a doença. Seu quadro de saúde piorou e acabou sendo transferido para São Paulo, onde chegou a ser entubado. Tanto José Maranhão quanto Raniery Paulino participaram ativamente das campanhas dos candidatos Nilvan Ferreira (MDB), em João Pessoa, e de Roberto Paulino (MDB), em Guarabira.

No início desta semana, o vice-prefeito eleito de Cabedelo Mersinho Lucena (Republicanos), confirmou que estava com covid-19, em isolamento e passava bem. Mersinho é filho do prefeito eleito da capital paraibana, Cícero Lucena (Progressistas). Na sexta-feira (4), o prefeito de Areial, Adelson Benjamim (PSDB), foi internado no Hospital da Unimed, em João Pessoa, em decorrência da contaminação pelo novo coronavírus. Em Campina Grande, três vereadores estão enfrentando atualmente a covid 19: Pimentel Filho (PSD), transferido para um hospital de João Pessoa; Rodrigo Ramos (PSD) e Anderson Maia (PSB). Outro paraibano acometido pela covid-19 é o senador Ney Suassuna (Republicanos).

Redação

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça decreta bloqueio de bens de ex-presidente da Câmara de Cabedelo

A 4ª Vara Mista de Cabedelo deferiu a liminar requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e decretou a indisponibilidade dos bens até o limite de aproximadamente R$ 801 mil…

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…