Nesta segunda-feira, 18, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, afirmou durante entrevista à rádio Arapuan FM, que pretende promulgar, independente de aprovação do governador João Azevêdo, as leis que suspendem a cobrança de empréstimos consignados de servidores estaduais e que concedem descontos nas mensalidades de escolas e universidades privadas da Paraíba.

Os dois projetos já foram aprovados na ALPB e se encontram em poder do governador que pode sancionar ou vetar as medidas, mas Galdino adiantou que mesmo que sejam vetadas, ele pretende derrubar o veto e promulgá-las.

Galdino lembrou ainda que votou favorável aos dois projetos e que foi o autor, juntamente com Estela Bezerra, Lindolfo Pires e Ricardo Barbosa da lei que trata da redução das mensalidades.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Bolsonaro desrespeita a “tradicional família” e choca a Pátria Amada com linguajar de manichula

Quem assistiu ao vídeo sobre a excêntrica reunião ministerial presidida por Jair Bolsonaro ficou estarrecido. Não havia como não ficar indignado e tomado por um sentimento deprimente de vergonha alheia.…

Opinião – Depois da pandemia virá a mais difícil tarefa para os governantes: o ressurgir das cinzas

A tarefa prevista para os chefes de Executivo, em todos os níveis, para o pós-pandemia, não é missão para qualquer um. Principalmente no tocante aos governadores de Estado. Ao final…