O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) confirmou, durante entrevista à imprensa ontem (10), que deixará os quadros do PSB paraibano assim que uma janela partidária for aberta. Apesar de ter culpado Ricardo Coutinho e o presidente nacional, Carlos Siqueira, pelos problemas no PSB, Galdino admitiu que ele é “o maior líder” e, por ter grande apoio popular, poderá concorrer à Prefeitura de João Pessoa em 2020.

“Ricardo Coutinho é nosso maior líder do PSB. Se ele quisesse ser presidente do PSB, ele deveria ter consultado todo mundo antes, mas da maneira como ele fez, humilhando amigos… Ricardo errou e muito e é responsável por essa crise. (Apesar disso), no ano que vem ele pode concorrer; não estou dizendo que é o melhor, mas que tem mais apoio popular”, pontou Galdino.

Ele adiantou que tem recebido convites de várias agremiações como PRB, Avante e PTB e aconselhou o governador João Azevêdo (PSB) a fazer o mesmo. Porém no seu caso, disse que só mudará de sigla se for para coordenar estatualmente a nova sigla.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: em meio à crise no PSB, Sandra afaga ego da gestão Cartaxo

A vereadora socialista Sandra Marrocos (PSB) surpreendeu na noite dessa quinta-feira (19) durante assembleia do Orçamento Participativo na região dos Bancários promovida pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo, ao elencar…

Suplente de deputado do PT é cotado para assumir secretaria do OD

O suplente de deputado estadual Anísio Maia (PT) pode assumir a secretaria do Orçamento Democrático no lugar do atual gestor Célio Alves. A informação vem sendo divulgada por alguns veículos…