A Paraíba o tempo todo  |

“Fui infeliz e reconheço que me excedi” diz vereador da PB após ameaças a Bolsonaro

O vereador Ronaldo Pescador (PDT), da cidade de Coremas, teve um áudio onde profere ameaças contra o presidente da República Jair Bolsonaro, vazado. A repercussão vem sendo grande desde essa quinta-feira (20) quando as declarações do parlamentar paraibano começaram a circular nas redes sociais.

Com isso, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República ligou o alerta, já que o presidente visitará Coremas no próximo dia 3 de setembro.

No áudio da ameaças, Ronaldo declara: “Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro, não separe. Aquele outro cara, Adélio, não acertou o pulmão dele não. Agora se eu pegar ele com uma faca de 10 polegadas, eu mato até o carona que vai mais ele. Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro é arrochando a gravata pra ver se eu enforco”.

Já nesta sexta-feira (21), amenizando o tom, o parlamentar diz que se excedeu nas declarações.

“Venho me retratar sobre o áudio com aparentes ofensas a Bolsonaro. Esse áudio se trata de conversa privada aonde um amigo brincou comigo e em tom de ironia eu proferi supostas ofensas a Bolsonaro… Não gosto de violência e venho explicar que fui infeliz, reconheço que me excedi, mas por se tratar de momento político estão distorcendo as coisas para me prejudicar” declarou.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      24
      Compartilhe