A Paraíba o tempo todo  |

Frente de Esquerda dialoga para definir candidatura única

A Frente Esquerda na Paraíba composta pelos partidos: PSTU, PSOL PCR, PCB e CS iniciou diálogos para definir candidatura única ao governo do estado. O primeiro encontro aconteceu no último dia 23 na sede do Partido Socialista dos trabalhadores Unificados (PSTU) em João Pessoa.

 

O objetivo da criação do blocão é aumentar o tempo de televisão e construir uma chapa mais competitiva a fim de ‘bater de frente’ com blocões como o PT, PP e PSC que também deve lançar uma chapa de oposição.

 

“Tivemos a primeira reunião com os partidos de esquerda e marcamos uma reunião para o dia 11 de fevereiro”, afirmou Antônio Radical (PSTU). 

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) lançou o nome de Tárcio Teixeira a pré-candidato a governo. O PSTU deve apresentar o nome de Antônio Radical até fevereiro. 

A frente pode ser composta pelo Partido Comunista Revolucionário (PCR), Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Consulta Popular (CS), além do PSOL. Único que já tem pré-candidato ao Governo do Estado (Tárcio Teixeira) e ao Senado (Nelson Júnio).

 

“Estamos vivendo um dos melhores momentos no Brasil. Momento dos movimentos populares e acreditamos ser histórico na Paraíba. O mais importante é construir um programa político que seja alternativa para o Estado, a Paraíba não quer ser mais refém desses que se alternam no Poder e governam de costas para o povo,” afirmou Tárcio Teixeira.

 

Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe