Apesar do apoio irrestrito, dado através de nota assinada pelo presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira ao ex-governador Ricardo Coutinho e demais integrantes da sigla alvos dos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva no âmbito da Operação Calvário, a coluna Painel, da Folha de São Paulo, assinada pela jornalista Mariana Carneiro, revela que dirigentes da sigla estaria querendo que RC pedisse licença da sigla.

O intuito é afastar o PSB nacional da crise do PSB.

Confira:

“Afaste de mim

Dirigentes do PSB querem que o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, que teve a prisão preventiva decretada nesta terça-feira, peça licença do partido.

Afaste de mim 2

O objetivo seria isolar a crise do resto do PSB, que controla o vizinho Pernambuco”.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim quer desburocratização de créditos e proteção de empregos e empresas

A bancada do Democratas esteve reunida em conferência virtual com o ministro Paulo Guedes, da Economia. Durante três horas, foi feita uma profunda avaliação do cenário econômico do Brasil, as…

Efraim Filho atua como bombeiro na relação entre Mandetta e Bolsonaro

O deputado federal Efraim Filho (DEM) revelou que tem conversado com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também do Democratas, e  declarado apoio total, irrestrito e absoluto às decisões…