Em recente entrevista o senador José Maranhão (MDB) que tem seu sobrinho o ex-deputado federal Benjamin Maranhão (MDB) indicado para o cargo de diretor do Departamento de Fomento à Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, fez uma suave critica ao presidente Jair Bolsonaro, por conta das declarações pejorativas do presidente contra o Nordeste.

“Foi muito infeliz. Não se pode admitir que um presidente da República fale opiniões negativas sobre os nordestinos, até porque o Nordeste é uma das regiões mais importantes, se não a mais importante da Federação”, disse Zé que essa semana foi reconduzido por mais dois anos para a presidência estadual do MDB.

Benjamin é sobrinho do senador José Maranhão (MDB-PB) e exercia um mandato como deputado federal até janeiro deste ano. Em 2018, ele disputou a reeleição, mas acabou derrotado com 45.599 votos, ficando na 1ª suplência de sua coligação.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

2020: Ana Cláudia diz que CG precisa ouvir povo para formular projeto coletivo

A secretária de Articulação Municipal do Governo do Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), um dos nomes citados do grupo da oposição para as eleições municipais de 2020, se…

Adriano Galdino recebe título de cidadão pessoense e Medalha Epitácio Pessoa

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, recebeu, nesta segunda-feira (21), o título de cidadão pessoense e a Medalha Epitácio Pessoa, durante sessão solene realizada em conjunto…