Após período de anonimato, figurões da política tentam ‘ressurgir das cinzas’ e conquistar mandato na CMJP; veja quem são as ‘celebridades’ no páreo

Depois de passarem três anos no anonimato, muitos deles até sem ser lembrados para compor os cargos do executivo, figurões da política de João Pessoa já iniciam o processo de ‘ressurreição’ para o pleito de 2012 e assim poder conquistar, novamente o poder, ou seja, uma cadeira no parlamento municipal da Capital.

Agarrados a decisão Nacional que autorizou a ampliação do número de vagas na Câmara Municipal, muitos deles já dão como certo o retorno ao poder. Essa vontade, no entanto, não se aplica apenas a uma legenda.

Diversos partidos já ‘colocaram o carro na rua’ para tentar ampliar os seus espaços em 2012. Figuras lendárias, por um tempo esquecidas, voltam ao páreo e prometem fazer barulho. Tal realidade é constatada primeiramente no Partido os Trabalhadores, o PT.

É que dois políticos, que já deram muitas dor de cabeça ao Governo Ricardo Coutinho se filiaram recentemente a legenda e vão tentar retomar o assento na casa, são eles: Nadja Palitot e Fubá. Ambos foram eleitos em 2004 e não conseguiram a reeleição em 2008. No caso de Nadja, a parlamentar à época renunciou o mandato municipal para assumir a titularidade, na qualidade de 1ª suplente na Assembléia Legislativa da Paraíba.

Ambos (Nadja e Fubá) defendem que o PT tem que deixar de ser coadjuvante e também engrossam a tese de que agora é vez do PT.

Ainda do partido dos trabalhadores, quem deve lutar para retomar o seu assento é o deputado Luciano Cartaxo. O parlamentar quer emplacar o irmão, Lucélio Cartaxo como candidato a CMJP para tentar ‘devolver’ a vaga à família.

Já no PMDB, partido do ex-governador José Maranhão, dois derrotados em 2008 também vão tentar resgatar o mandato em 2012. Trata-se do Padre Adelino, que é egresso do PSB e também o ex-vereador Marcone Paiva. A dupla fazia parte do bloco dos críticos contundentes do socialismo na Capital. Ainda pelo PMDB também desponta o policial rodoviária federal, João Almeida. Assim como Adelino e Paiva, Almeida chegou perto, mas acabou emplacando apenas uma suplência em 2008.

O trio do PMDB ameaça os atuais detentores de mandato do partido – Mangueira e Milanez. A dupla anda com uma atuação discreta e pode ter dificuldades para conquistar uma reeleição.

Além do PT e do PMDB, o partido progressista – PP, também vai tentar emplacar algumas figuras lendárias do parlamento municipal. É o caso de Zé Bezerra e Antonio Caim. A dupla também já sentiu o gosto do poder e agora vai tentar reconquistar um assento na Câmara de João Pessoa.

Pelo PSB, corre por fora a vereadora Paula Francinetti. Engajada em movimentos sociais e em causas ecológicas, a ex-vereadora corre por fora e desponta como um dos quadros favoritos para 2012.

Recentemente cassado pela Justiça Eleitoral, o ex-vereador Sérgio da Sac tenta reverter à decisão da Corte para ficar elegível em 2012. Caso não consiga, Sac continuará inelegível por oito anos.

Outro partido que promete surpresas em 2012 é o PDT. A legenda do deputado federal Damião Feliciano conta com dois vereadores – Raoni Mendes, Geraldo Amorim e a suplente Vera Lucena. Além do trio, o partido tem nomes fortes para a eleição municipal, um dos exemplos é o filho do líder do Governo Ricardo. O jovem Léo Bezerra, filho de Hervázio Bezerra vai lutar para conquistar a cadeira do pai na Casa de Napoleão Laureano.

No páreo ainda despontam o ex-presidente da Câmara, professor Paiva, atualmente filiado ao PTN. O parlamentar que é um opositor ferrenho dos governos Agra e Ricardo vai tentar se reeleger em 2012 depois de ter sofrido uma derrota surpreendente em 2008.

Por ultimo, mas não menos importante – o ex-vereador Miguel Arcanjo, do PRB. O ex-parlamentar também já ocupou uma cadeira na Casa e promete lutar para reconquistar a vaga no pleito do ano que vêm.

Pelo visto os ‘esquecidos’ largaram na frente e prometem dar dor de cabeça para os donos de mandatos.

 

 

Márcia Dias/ Henrique Lima

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veja traz que Governo Bolsonaro vasculha contratos da Globo com celebridades

A coluna Radar da revista Veja, trouxe na sua coluna desta sexta-feira (17), que  alvo de ameaças de Jair Bolsonaro, a Globo está no centro de uma forte fiscalização da…

Análise – Cícero Lucena será o coringa do jogo eleitoral mais cobiçado de 2020

Pense num “caba” que meio-mundo e outro tanto de pretensos candidatos à sucessão de Luciano Cartaxo, na Prefeitura de João Pessoa, vão disputar o apoio: Cícero Lucena, o caboclinho de…