A Comissão de Constituição, Justiça e Redação aprovou, nesta quinta-feira (06), os projetos de Lei 284/2019 e 285/2019, de autoria da deputada estadual Cida Ramos (PSB), que declaram a Festa das Neves e a Procissão de Nossa Senhora da Penha como Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial do Estado da Paraíba.
 

A deputada destacou que a iniciativa busca preservar a identidade cultural das manifestações para as atuais e futuras gerações. “A Festa das Neves e a Procissão de Nossa Senhora da Penha se entrelaçam com a própria história de João Pessoa. Ambos os eventos aquecem a economia local, ressaltam a religiosidade do nosso povo e reúne uma imensa quantidade de pessoas. A Procissão da Penha, por exemplo, acontece na capital paraibana há 255 anos, concentrando mais de 450 mil fiéis. São tradições que perpassam de pais para filhos, com muita devoção e fé”, pontuou.
 
Cida Ramos também ressaltou a importância da lei para o turismo paraibano. “A magnitude, a relevância, a diversidade e o conteúdo religioso e cultural são riquezas únicas cultivadas há décadas por todos os paraibanos. Por sua beleza e grandiosidade, também são os principais e mais importantes eventos turísticos religiosos do nosso estado. A nossa tradição, que já é conhecida nacionalmente, se fortalece com a lei, para assim, assegurar a sua relevância no seio dos fiéis por milhares de anos”, elucidou.
 
No Brasil, comemora-se em 5 de agosto, o dia de Nossa Senhora das Neves. A santa é padroeira do estado da Paraíba e de sua capital. Todos os anos, a Festa das Neves aglutina uma imensa quantidade de pessoas para os eventos religiosos e culturais. Essa comemoração acontece desde o século XVI. Em 2019, a padroeira será homenageada pela 433º vez, na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, construída em 1586, no Centro Histórico de João Pessoa.
 
Já a Procissão de Nossa Senhora da Penha é tradição há centenas de anos. A celebração acontece no último domingo do mês de novembro e conta com a participação de milhares de religiosos advindos de diversos bairros de João Pessoa e até de outras cidades e estados. Durante o percurso de 14 quilômetros, um público imenso acompanha a procissão em um ritmo intenso de oração e união. O Santuário da Penha, que faz parte do roteiro turístico e histórico do litoral paraibano, foi tombado pelo Instituto Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP) em 1980.  O espaço também é muito procurado devido aos milagres atribuídos à Virgem Maria.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson Santiago sobre efeitos das mudanças eleitorais para 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…

Carlos Bolsonaro diz que líder do PSL no Senado é “bobo da corte”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou neste domingo (13) uma mensagem no Twitter na qual classifica como “bobo da corte” o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). “Este…