Por pbagora.com.br

Quero desejar, mais uma vez, UM FELIZ NATAL e PRÓSPERO ANO NOVO aos caros leitores e leitoras da nossa modesta coluna e a todos que acompanharam fatos e notícias através do prestigioso Portal PBAGORA neste ano que termina de forma atípica, quando eu e mais 51 milhões de brasileiros esperavam por uma mudança nos rumos da condução política do país.

Entretanto, passadas as eleições, torcemos para que a presidente reeleita corrija a trajetória de sua desastrosa política econômica e que a partir de 2016 o país volte a crescer com mais com vigor.

Infelizmente, o ano de 2015 não aponta para um crescimento que ultrapasse modesto 1%, mas isso não impede de desejar felicidades para todos e me sentir aliviado pelo afastamento do risco de nos tornarmos uma espécie de “Brazuela”, com predominância do que há de pior e mais atrasado no Brasil e na Venezuela.

Natal é época em que o brilho das luzes pode realmente iluminar nossas vidas quando de fato invadem nossas mentes e corações, desarmando espíritos das lutas diárias, reais ou imaginárias, sendo o momento ideal para pedir perdão por eventuais erros, ofensas e desentendimentos com familiares, amigos e colegas de trabalho.

Reza a cartilha que a efeméride é realmente própria para se tentar renascer como um ser humano melhor, mediante a purificação do espírito de maldades e ressentimentos, pois ninguém é tão bom que não possa evoluir, melhorar.

Confesso que entre as duas festas – Natal e Ano Novo – gosto mais da celebração natalina com familiares em torno da mesa farta e saboreando uma taça de bom vinho, mas tenho consciência que muitos brasileiros não podem fazer isso, seja por falta de pão e vinho nesta terra de Canaã, seja por que estão doentes em leitos de hospitais e outros tantos presos e submetidos às condições desumanas das nossas prisões.

Quanto ao Ano Novo já o comemorei mais em festas de pura alegria e sem o senso de responsabilidade que geralmente só vem com a idade mais madura. Na verdade, na juventude, as festas de reveillon têm sabor e encantos especiais, quase não existindo preocupações com o amanhã, com o dia inaugural do novo ano que se instala no meio da ressaca.

Os que passaram dos sessenta, como eu, são mais tímidos e já não o comemoram com tanta festa. No plano pessoal, os desejos também já não são de muito dinheiro no bolso e felicidades mil, e sim de boa ou, ao menos, regular saúde e paz, enfim de continuar vivo durante todo o ano novo e nos outros que ainda virão.

Quem não pensa apenas em si próprio é tomado de preocupações com filhos e netos, e aí o que se deseja é que o país, o estado e o município cresçam oferecendo oportunidades para eles se realizarem como seres humanos, profissionais e cidadãos.

Por isso mesmo, espero que a nossa presidente da república se dispa da auto-suficiência, teimosia e arrogância, reconheça erros e proporcione “bom governo” aos brasileiros, que é direito de todos. Na verdade, no lugar dela, faria um governo de salvação nacional, comandando uma grande cruzada de purificação do país da corrupção mesmo que tivesse de sacrificar quem quer que fosse pelo bem do Brasil, inclusive a própria continuação do PT na presidência.

Em âmbito local e estadual, pessoalmente e acredito que também a maioria dos paraibanos, desejam que o prefeito Luciano Cartaxo e os prefeitos das demais cidades, bem como o governador Ricardo Coutinho cumpram “o dever de bem governar” de modo que a Paraíba melhore em todas as áreas, notadamente, em educação, saúde e segurança.

Esses são meus os votos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo e acredito que os de todos os paraibanos.
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: aprovação da gestão João Azevêdo chega a 84,1% em Triunfo

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 84,1% da população do município de Triunfo, na Paraíba. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade,…

Análise – Cartaxo não confia um tico em Maranhão. Ou esqueceu a rasteira de 2018?

O senador José Maranhão (MDB) tem procurado todo mundo para conversar sobre as eleições 2020. Inclusive com Luciano Cartaxo, o prefeito de João Pessoa (Pv) Maranhão pode se frustrar quanto…