A Paraíba o tempo todo  |

Ex-governador nega diálogo com PSDB e dispara: “Aliança vai explodir”

O ex-governador da Paraíba José Maranhão que na semana passada teria afirmado que o PMDB estaria aberto a dialogar com todas as forças políticas do estado e incluiu o também ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), que, segundo Maranhão, “responde pela condução de um grande partido”, mudou o tom do discurso e negou a possibilidade de aliar-se ao tucano.

O presidente do PMDB chegou a dizer que as informações sobre um possível encontro com o líder do PSDB na Paraíba não passam de fofocas. “Até o meu nome foi envolvido nesses boatos, nessas fofocas e eu não tive o menor encontro com ninguém do PSDB, disse o presidente do PMDB no estado.

José Maranhão falou ainda que na política acontecem uniões entre adversários, mas que antes disso outros fatos antecedem a aliança, neste caso, segundo ele, aqui na Paraíba não existe essa preparação. De acordo com o ex-governador, os únicos fatos que teriam caracterizado foram as críticas feitas por Cássio ao governador Ricardo Coutinho (PSB) no fim do ano passado.

Sobre a aliança entre o tucano e o socialista, Maranhão disse não acreditar que a manutenção esteja definida e alfinetou: “Eu tenho certeza que esta ‘bomba’, que ainda está ‘chiando’, um dia ela vai explodir.

 

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe