A Paraíba o tempo todo  |

Servidor apoia decisão de Galdino de exigir cartão de vacina contra a covid-19 na ALPB

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A decisão anunciada está semana pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), em liberar acesso ao prédio do Poder Legislativo a partir do final de agosto somente com a apresentação do cartão de vacina contra a covid-19 tem sido avaliada como positiva pelos servidores da Casa, a exemplo, do ex-presidente da Casa, o ex-deputado e atual servidor João Fernandes.

Segundo João Fernandes, que já comandou a Casa, e tem 4 mandatos de deputado, considera que a decisão de Adriano Galdino é positiva. “Se cada um cuidasse de seu quadrado, teríamos menos infectados e menos mortes. Esses cuidados deveriam começar pelo presidente da República. Distanciamento, higiene das mãos e máscara só fazem o bem”, disse João Fernandes.

Para tomar a decisão, o presidente da Casa alegou que o prédio da Assembleia tem algumas peculiaridades que dificultam o trabalho presencial, entre elas, o fato de o plenário funcionar no subsolo que é um local fechado e sem ventilação, facilitando a maior circulação do vírus. As sessões presenciais na ALPB estão suspensas desde o início da pandemia. Em novembro do ano passado, o Legislativo flexibilizou as medidas restritivas com a liberação dos setores administrativos da Casa, mas acabou retrocedendo após o aumento de casos de contaminação e mortes de servidores vítimas da covid-19.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe