Por pbagora.com.br

Durante entrevista a uma emissora de rádio do bairro de Valentina na manhã desta quarta-feira (23), o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) declarou que não solicitou intervenção da nacional do PT na sigla em João Pessoa, nem tampouco teria pedido para ser o apoiado do partido na corrida eleitoral pela PMJP.

O ex-governador, que está na disputa pela Prefeitura Municipal da Capital, disse que não queria polemizar o apoio que a Executiva Nacional do PT anunciou, mas que ao contrário do que alguns integrantes da sigla estão declarando, ele não inimigos naqueles que defendem o nome de Anísio Maia. Parafraseando Cazuza, Ricardo disse que na realidade seus inimigos seriam os que atualmente estão no poder.

“O PT lançou uma candidatura que três meses e meio depois não conseguia pontuar e ao mesmo tempo me diziam durante reuniões que me apoiariam, a nacional disse mesma coisa. Fiz uma reunião na noite anterior das convenções e a direção nacional do PT tomou a decisão correta, como eu tentei fazer a decisão mais correta que era unir todo mundo. Então quando eu saí candidato, mudou de figura porque é claro que nós queremos disputar com a capacidade de ganhar. Eu não fiz nem pedi intervenção nenhuma no PT, ao contrário eu fui chamado para ser candidato inclusive pela direção local daqui, eu nunca pedi nada, não é assim. Mas eu não vou polemizar pois meu inimigo não está no PT, meus inimigos são outros, como diria Cazuza “meus inimigos estão no poder” disse.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Candidatos à PMCG aproveitam domingo para visitas e reuniões

Reuniões e muitas visitas estão na agenda dos candidatos à prefeitura de Campina Grande, neste domingo (25). Na reta final da campanha, cada voto conquistado é uma vitória. A lista…

Ministro Fachin mantém intervenção do Diretório Nacional no PT de JP

O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores conseguiu a primeira vitória contra o grupo do deputado estadual Anísio Maia, candidato do partido a prefeito de João Pessoa. O ministro do…