Em entrevista a imprensa o secretário de Tecnologia da Informação do TRE, José Cassimiro Júnior, ressaltou que considera normal o índice de até 20% do eleitorado paraibano ausente ao recadastramento biométrico.

Segundo ele, nos 102 municípios que estão sendo alvos desta última fase da biometria, um total de 181.981 eleitores, até o final da tarde de ontem, ainda não realizaram o cadastramento e podem ter a inscrição eleitoral cancelada. O índice de até 20% do eleitorado ausente ao recadastramento é considerado normal, tendo em vista que o índice de abstenção nas urnas costuma ficar nesse parâmetro.

Além disso, a ausência é atribuída ao descrédito da população com a política brasileira. Outra questão que foi observada pelos integrantes do TRE, é o fato da próxima eleição se tratar de uma disputa estadual, e não municipal, na qual os eleitores das cidades que estão passando pelo cadastramento, mas que mudaram para outra localidade, a exemplo de João Pessoa e Campina Grande, preferem transferir o título para cidade onde estão morando e não precisar viajar para o local do registro.

“Em João Pessoa o atendimento vem sendo intenso. Tivemos que quase triplicar a capacidade de atendimento, de nove para 26 guichês para atender ao Eleitor na Cenatel”, afirmou José Cassimiro.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro dá a largada para a privatização de nove estatais; veja lista

O governo deu início ao processo de privatização dos Correios, mas o procedimento de venda da holding, com começo imediato das discussões no Congresso — como era a expectativa —,…

Sem acordo com PMJP, Guarda Municipal deve cruzar os braços

A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga…