Por pbagora.com.br

O deputado federal Pedro Cunha Lima, que também preside o PSDB na Paraíba, voltou ontem (03.08.2020) em uma entrevista a uma emissora da capital, a chamar o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), de “ladrão”. Filho do ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi aliado de Ricardo na campanha eleitoral de 2010, posteriormente rompendo com ele, o deputado tucano comentou, a propósito da recente decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que bloqueou bens de acusados na ‘Operação Calvário’. Vale ressaltar que em dezembro do ano passado os deputados paraibanos Gervásio Maia (PSB) e Pedro Cunha Lima se desentenderam no Congresso, enquanto o tucano considerou positiva a decretação da prisão do ex-governador, Ricardo Coutinho, na sétima fase da Operação Calvário, Gervásio Maia saiu em defesa de RC e lembrou que o pai de Pedro, Cássio Cunha Lima, já foi cassado por corrupção.

Pedro Cunha Lima lamentou que o Brasil, seja “um país indecente, aonde só gente pobre vai para a cadeia”. Ele insinuou que há provas apuradas em investigações quanto ao envolvimento do ex-governador socialista na Operação Calvário, do Gaeco e Ministério Público Federal, sobre desvio de recursos públicos da Saúde e da Educação na Paraíba, em conexão com organizações sociais que foram contratadas por RC para administrar hospitais da rede oficial.

“A Paraíba inteira pode ouvir a voz do presidiário Ricardo Coutinho, nós áudios capturados pela polícia. Ele tem que voltar para a cadeia, pois desviou milhões da saúde. Ricardo Coutinho é ladrão!”, disse Pedro em trecho da entrevista de ontem.

Esse não foi o primeiro episodio em que o ex-governador Ricardo Coutinho foi chama do de ladrão, em dezembro de 2019, um embate entre os deputados paraibanos Gervásio Maia e Pedro Cunha Lima, deu inicio a essa polêmica. “Eu me lembro de uma época em que quem desagradasse o governador ia pra bala. Seu avô Ronaldo Cunha Lima atirou na cara do ex-governador Tarcísio de Miranda Burity. É essa política que os senhores gostam ou aceitam no país? Na eleição do seu pai, que foi cassado por corrupção… Seu pai foi cassado, Pedro Cunha Lima, no exercício do cargo de governador da Paraíba. Repito: por corrupção“, disse Gervásio.

“Lá na Paraíba, na nossa capital, João Pessoa, tem uma avenida chamada Epitácio Pessoa. Foi na campanha do seu pai que choveu dinheiro na Epitácio Pessoa“, completou Gervásio que finalizou dizendo: “Esse é o paladino da moral e dos bons costumes que veio atacar um dos melhores e, por que não dizer, o melhor governador que a Paraíba já teve nas últimas décadas”. Veja o bate boca entre Gérvásio e Pedro na Câmara: https://www.youtube.com/watch?v=UpYcmQl8kX0

Entenda as acusações – Coutinho, que governou a Paraíba por dois mandatos, o último deles concluído em 31 de dezembro de 2017, foi preso no final do ano passado quando desembarcou em Natal, Rio Grande do Norte, procedente de Portugal, última escala de um périplo que incluiu, ainda, a Turquia. Ficou apenas dois dias preso, sendo liberado graças a uma liminar do ministro plantonista Napoleão Nunes.

 

Redação  

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jurídico do PT vai recorrer de pedido do MPE contra candidatura de Anísio

Em razão do pedido realizado pelo promotor eleitoral, Alexandre Varandas Paiva, feito à Justiça Eleitoral, o representante jurídico da Coligação PT e PCdoB ‘Unidos por João Pessoa’, Anselmo Castilho, afirma…

Apto para disputa: RC emite nota e nega inadimplência com justiça eleitoral

O ex-governador da Paraíba e atual candidato à prefeitura de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), emitiu nota na tarde desta sexta-feira (25), para esclarecer que está quite com a justiça…