O PB Agora tomou conhecimento no início da tarde desta quinta-feira (11) de que o vereador de Santa Rita, Bruno de Cicinha teria invadido o prédio onde fica localizado o Arquivo da Câmara Municipal da cidade para colocar entre os documentos existentes no local, papéis que não fazem parte dos documentos oficiais da Casa.

De acordo com a denúncia, Bruno estaria ainda coagindo servidores a assinarem documentos atestando que os papéis levados por ele já estavam no Arquivo.

Outros parlamentares também são acusados de estarem juntos de Bruno de Cicinha e os servidores estariam se negando a assinar as certidões haja vista os documentos levados pelos parlamentares não retratariam a verdade.

Áudios enviados ao PB Agora na semana passada também sugerem negociata do vereador com a prefeitura de Santa Rita.

Confira abaixo:

 

Total
9
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: faltou calma a Sikêra Júnior lidar com o revés, embora a fúria seja ato humano compreensível

Precursor da Sociedade Brasileira de Eubiose, cujo conhecimento humano está centrado na Filosofia, Religião e Ciência, o soteropolitano Henrique José de Souza, falecido em 1963, seguia uma máxima criada por…

Conheça os planos de Julian Lemos e de dirigentes do PSL, para a era pós-Bolsonaro

Segundo matéria do portal nacional Correio Braziliense, o anunciado desembarque do presidente Jair Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) do PSL é um assunto tratado com sobriedade dentro do…