Por pbagora.com.br

O secretário de Comunicação do Governo do Estado, jornalista Luís Tôrres, admitiu, por meio de nota, encaminhada à imprensa neste sábado (05) o equívoco ocorrido na publicação do Diário Oficial do Estado que trouxe entre os nomeados a jornalista Nelma Figueiredo (in memoriam).

Nelma faleceu o ano passado vítima de um câncer. Em vida, trabalhou por mais de três décadas prestando serviço ao Governo do Estado na área de Comunicação Institucional.

""

Veja a nota

Quero pedir pessoal e publicamente desculpas por um equívoco injustificável na publicação do nome da querida companheira Nelma Figueireido na edição do Diário Oficial, edição deste dia 4. Um descuido na organização da lista, de inteira respondabilidade da Secretaria de Comunicação do Estado, encaminhada à publicação, gerou o equívoco. Que já foi rapdimente identificado e corrigido para posterior publicação no Diário. Aos amigos e amigas, e, especialmente, aos familiares, minhas mais sinceras desculpas. Nelma será sempre alguém especial para todos nós, digna de carinho e respeito. 

Luís Tôrres
Secretário de Comunicação do Estado da Paraíba

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Prefeitura de Sapé perde prazo e fica de fora da fundação do Consórcio Nacional de Vacinas

No estado da Paraíba, 99 municípios aderiram ao Conecta no Brasil, 1.703 municípios aderiram ao consorcio, o prazo para adesão terminou. Na contramão de outros municípios paraibano, a cidade de…

Consenso: senador Veneziano é escolhido novo presidente do MDB/PB

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) será o novo presidente do MDB da Paraíba. A decisão foi tomada de forma participativa e consensualizada pelas principais lideranças que integram o…