Na primeira entrevista em Campina Grande, desde que assumiu o Palácio da Redenção no último dia 18 de fevereiro,o governador José Maranhão atendeu a imprensa em meio a tumulto e confusão, durante visita ao Hospítal de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, no bairro das Malvinas. Correligionários do prefeito Veneziano Vital do Rêgo, levados ao local em vários ônibus alugados, promoveram uma claque com palavras de ordem.

Durante a entrevista, José Maranhão reafirmou críticas às obras paralisadas que encontrou no Estado e censurou, também, o baixo nível de gerenciamento nos órgãos públicos do Governo. Chegou a deafiar o ex-governador Cássio Cunha Lima a um duelo: mostrar qual dos dois, após assumir o Governo do  Estado, quem mais investiu em Campina Grande.

Maranhão criticou o fato da duplicação da BR-230 ainda não ter sido concluída e assegurou que, agora, a rodovia teria a obra terminada. Garantiu, também, que estão assegurados os recursos para a conclusão do Hospital de Trauma./

O governador continua a cumprir sua agenda em Campina Grande, na tarde desta sexta-feira, acompanhado do prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e correligionários.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Na Espanha, RC analisa a democracia brasileira após um ano do Governo Bolsonaro

Nesta quarta-feira (23), o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) será palestrante em um seminário sobre democracia, do Observatorio Global Urnas y democracia, na universidade de Salamanca, na Espanha. Na ocasião, o…

Deputado retoma mandato na ALPB após licença de 120 dias

Após licença de 120 s deputado Branco Mendes retomou as atividades legislativas na Casa de Epitácio Pessoa nesta terça-feira (22). Com isso, Trócolli Júnior (Podemos), voltou a condição de suplente.…