A Paraíba o tempo todo  |

Em Brasília, vice-governadora pede a instalação da Casa da Mulher Brasileira

A vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT), se reuniu nesta terça-feira (12), em Brasília, com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. 

Na audiência, Lígia apresentou várias demandas da Paraíba, entre elas, a implantação da Casa da Mulher Brasileira no Estado, apoio a ações culturais de fomento ao fim da violência contra mulheres, convênios para implantação de novos Centros de Referência da Mulher no interior, e liberação de recursos para a criação de um Programa de Capacitação para Mulheres de Baixa Renda.

“A Casa da Mulher Brasileira tem o objetivo de integrar instituições que atuam no processo de enfrentamento à violência contra a mulher e maior humanização no atendimento, a exemplo de Juizado Especial, Ministério Público, Defensoria Pública, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, alojamento de passagem, apoio psicossocial e capacitação para a sua autonomia econômica”, explicou Lígia. 

A ministra ressaltou que vai tentar viabilizar os recursos para instalação da Casa da Mulher Brasileira na Paraíba e apoiar as políticas públicas para as mulheres no Estado. 

Cidade Madura – Ainda na audiência, a vice-governadora apresentou a ministra Damares Alves o programa de condomínio Cidade Madura, construído pelo governo do Estado, em vários municípios da Paraíba, exclusivamente para idosos que não possuem moradia própria e solicitou recursos para sua ampliação.  

“A ministra ficou encantada com o programa e também se comprometeu em buscar recursos para a ampliação do Cidade Madura, espaço de convergência social que tem Centro de Vivência, o redário, o posto de saúde, enfim, tudo que os idosos necessitam”, afirmou.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe