Por pbagora.com.br

 Mídia nacional considera deputado paraibano forte candidato a líder do DEM

As negociações para alçar novos líderes das bancadas para 2017 estão se consolidando na Câmara Federal. Segundo os portais Diário do Poder na coluna de Cláudio Humberto desta segunda-feira (26) e a Coluna Esplanada do portal UOL confirmam a tendência para que o deputado paraibano Efraim Filho venha a assumir a liderança do DEM na Câmara dos Deputados em 2017.

Segundo os mesmos, no Democratas, o deputado Pauderney Avelino (AM) cederá a vaga ao paraibano Efraim Filho. É a sétima bancada em número, com 28 deputados. No portal de Cláudio é destacado que apesar de ser intensa a disputa para líder do DEM na Câmara entre: Alberto Fraga (DF), Carlos Meles (MG), Efraim Filho (PB), Jorge Mudalen (SP) e José Carlos Aleluia (BA). Aleluia e Efraim têm ligeira vantagem.

Ainda segundo, a Coluna Esplanada o DEM planeja candidatura para presidente em 2018. A manifestação foi do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que sugeriu a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB). Dentro do Democratas começa a ganhar força a ideia de que o partido patrocine candidatura própria à Presidência da República em 2018. E o nome mais forte é o de Caiado.

Esta será a principal pauta da convenção nacional marcada para fevereiro, mês em que se prevê uma série de mudanças de lideranças dentro Congresso Nacional. Simpatizantes do senador goiano acreditam que até o final de 2017, Caiado terá 10% da preferência do eleitorado.

O Democratas sinaliza como será difícil para Michel Temer administrar sua base de apoio no próximo ano. O próprio PMDB planeja esse sonho que embala o PSDB, o PSB e até o PV.

Redação

Notícias relacionadas

Anísio veta tese de ingresso de RC no PT: “Não assinarei sua ficha”

A filiação ou não do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) aos quadros do Partido dos Trabalhadores continua gerando polêmica entre a ala petista na Paraíba. Nesta terça-feira (05), durante…

Senador aliado de Bolsonaro quer convocar Geraldo Medeiros e secretários do NE para CPI

Após a instalação da CPI da Pandemia, o senador cearense Eduardo Girão (Pode), que é aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e defende a ampliação do objeto da CPI…