Por pbagora.com.br

Mesmo após declarações do governador Maranhão de que o convite ao deputado Guilherme Almeida (PSB) para assumir a Secretaria de Interiorização do Governo continua aberto, o vice-presidente da estadual do PSB, Edvaldo Rosas ignora as declarações e aposta no recuo do governador.

Edvaldo Rosas disse o governador vai respeitar a decisão do partido e não irá nomear Guilherme Almeida como secretário. “No meu entendimento, Maranhão vai reconsiderar seu convite e acatar a decisão do partido”, afirma.

As declarações de Maranhão foram dadas em entrevista coletiva à imprensa na Granja Santana, na noite de ontem (26), onde disse também que o “campinismo é muito forte” ao comentar sobre as declarações do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego (PMDB), que defendeu Guilherme Almeida.
 

 

Milena Feitosa

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: três suplentes, dois ‘sortudos’; mesma pretensão, mas não a mesma sorte entre os que miram o tapete azul

A posse de dois suplentes no Senado Federal em uma única semana, com o gesto de desprendimento dos novatos Veneziano Vital do Rêgo (PSB), que abriu vaga para o empresário…

STJ nega pedido e Ricardo Coutinho não pode se ausentar da comarca da capital

A ministra Laurita Vaz, da sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que é relatora da Operação Calvário, negou ontem (24), um pedido feito pela defesa do ex-governador da…